SINDICALISMO: Sintrascoop participa de Seminário sobre Agenda 2030 e dos ODSs


Através do vice-presidente Adilson Alves Garcia, o Sintrascoop (Sindicato dos Trabalhadores em Cooperativas de Cascavel e Região) participou de 29 a 31 de outubro de seminário da UGT Paraná (União Geral dos Trabalhadores no Estado do Paraná) que debate a Agenda 2030 e os 17 ODSs (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), em Foz do Iguaçu.

O evento reuniu mais de quinhentos dirigentes sindicais e lideranças comunitárias de diversos estados brasileiros e de organismos internacionais como a ONU (Organização das Nações Unidas), OMS (–Organização Mundial da Saúde), Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) e da OIT (Organização Internacional do Trabalho), assim como representantes da Secretaria de Governo da Presidência da República, do governo do Estado do Paraná, Sanepar, Itaipu Binacional, da Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu; da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) e de diversas universidades.

Nos três dias do evento, uma extensa agenda de debates aprofundou os temas sobre os ODSs e a implantação de políticas públicas para alcançar os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável e suas 179 metas.

A introdução à Agenda 2030 foi o eixo principal das palestras e discussões, aproximando o mundo acadêmico e dirigentes sindicais. “A integração do universo sindical com os ODSs é muito mais do que uma obrigação. É uma das manifestações de cidadania preconizada pela UGT, que promulga a prática sindical cidadã, com ética e inovação”, destacou o presidente Paulo Rossi, da UGT-Paraná.

Já Carmen Silvia Corrêa Bueno, representando a Secretaria de Governo da Presidência da República, destacou a gestão da estrutura organizacional da Agenda 2030 no Brasil. “A UGT é a única representante dos trabalhadores na Comissão Nacional ODSs. E é um prazer participar desse magnífico evento, fruto da responsabilidade da central com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”.

SINTRASCOOP

O vice-presidente do Sintrascoop, Adilson Alves Garcia, durante sua explanação no seminário, discorreu sobre o comprometimento que os poderes legislativo, judiciário e o executivo devem ter no cumprimento da Agenda 2030 e dos 17 ODSs, com suas 179 metas.

Ele destacou também sobre a importância de se debater no meio sindical temas tão relevantes para mudar a triste realidade de milhões de brasileiros. Aproveitou para colocar-se à disposição do Comitê Gestor dos ODSs e da multiplicação de iniciativas em Cafelândia, subsede do Sintrascoop, por meio do encaminhamento à Câmara Municipal da Agenda 2030.

COORDENAÇÃO

O vice-presidente participou no dia 31 como um dos coordenadores da Mesa 6, sob o tema "A UGT Compartilhando Boas Práticas sobre os ODSs: a importância do envolvimento da sociedade".

CARTA DE FOZ

No final do seminário foi produzida a Carta de Foz do Iguaçu, com indicativos e sugestões para governos e sindicatos produzirem ações efetivas para que o Brasil alcance essa importante Agenda, a ser reavaliada em 2030.

2017_dilseminaario_01.jpgO vice presidente do Sintrascoop Adilson Alves Garcia foi um dos coordenadores da
Mesa seis do seminário.
 
2017_dilseminaario_02.jpgPara Adilson Alves Garcia, A Agenda 2030 e do ODSs deve ter o envolvimento dos
poderes legislativo, judiciário e o executivo.

 

Texto: Assessoria Sintrascoop / Fotos: UGT Paraná




Leia também: